Você sabia que o psicólogo pode te ajudar a lidar com a compulsão por doces?

Preenchimento Labial
18/07/2016
Sorriso perfeito com ‘Lentes de contato dental’
01/08/2016

Quando tentamos nos enganar com a desculpa do “eu mereço” para atacar mais uma fatia de bolo na sobremesa, isso tem uma explicação: vício em açúcar. Diversos estudos constataram que esta compulsão pode ser considerada tão séria e tão forte quanto o alcoolismo e o tabagismo. Todo mundo já experimentou a sensação de necessidade de ingerir açúcar em algum momento da vida. Afinal, doces têm a capacidade de nos fazer sentir mais felizes e estudos recentes provaram que os humanos são programados desde a mais tenra idade a desejar o sabor doce. E, uma vez que o corpo experimenta a recompensa açucarada, não leva muito para se viciar. O vício surge já no nascimento, pois o leite materno é extremamente doce, fazendo com que o recém-nascido comece a reconhecer o prazer de ingerir alimentos adocicados. A compulsão surge porque após ingerir uma guloseima, por exemplo, o cérebro libera opioides, que são substâncias químicas naturais que dão sensação de imenso prazer. Ao reconhecer esta sensação boa, o cérebro começa a pedir mais e mais opióides e, consequentemente, açúcar.

Como controlar ou amenizar a compulsão por doces:

-Consuma cereais integrais e frutas, pois nos mantém saciados por mais tempo e a frutose, um açúcar natural, engana a vontade por doces calóricos, contribuindo para que a compulsão não apareça.

-Pratique atividades físicas: Eles liberam substâncias que causam bem estar semelhante ao que temos ao comer doces.

-Não fique longos períodos sem se alimentar, o jejum prolongado causa diminuição nas quantidades de glicose no sangue, aumentando os sinais da fome e, desencadeando a vontade por doces.

-Procure um psicólogo. Essa compulsão pode ter origem por problemas psicológicos como ansiedade, depressão, etc. O psicólogo ira atuar estudando seus comportamentos e seus hábitos em relação à compulsão e juntos, irão encontrar métodos para controlar e eliminar essa dificuldade.

Psicóloga Vanessa Fellini CRP 12/12946

Agende sua avaliação