Verão exige atenção extra na hora de hidratar o corpo

Tireóide – Saiba mais…
21/11/2012
Obesidade Não É Parceira da Depressão
27/11/2012
Exibir tudo

Com a chegada do verão, é preciso ficar alerta para evitar os riscos da desidratação. Essa é a orientação do Dr. Carlos Alberto Werutsky, médico nutrólogo e coordenador do Departamento de Atividade Física e Exercício da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), que explica que pessoas que praticam atividades físicas precisam tomar cuidados específicos nessa época do ano, como beber bastante líquido e evitar exercícios em horários de forte calor.

 O corpo humano é formado por cerca de 70% de água, que é perdida e reposta constantemente pelo organismo. Isso, porém, varia de acordo com a temperatura ambiente, o nível de umidade e o grau de condicionamento físico de cada um. A reposição é o grande segredo da boa saúde.

 

O Dr. Werutsky explica que o volume desejado de água consumida por dia é de 2,7 litros/dia para mulheres e 3,7 litros/dia para os homens. No entanto, a necessidade de maiores volumes de líquidos pode variar de pessoa para pessoa. “Evitar a prática de exercícios em horários extremos de temperatura como, por exemplo, das 11 às 15 horas”, ressalta. “Além de consumir de um copo pequeno de água a cada 20 minutos para treinos cuja duração ultrapasse uma hora”.

Segundo o médico nutrólogo, é importante que o praticante cheque seu peso antes de iniciar os exercícios e após o treino. Assim, explica, é possível ter uma imagem da perda líquida do corpo. A orientação, ressalta, é repor 150% dessa perda (de peso) nas próximas seis horas, consumindo água a partir de alimentos que contenham sais minerais, principalmente sal de cozinha.

De maneira geral, para manter um corpo hidratado e saudável durante o verão é aconselhável evitar a exposição em locais com temperaturas extremas, beber volumes diários e adequados de água, além de comer frutas, legumes e verduras.

Fonte: ABRAN

Os comentários estão encerrados.